Diagnóstico recente

Fui diagnosticado com fibrose pulmonar. E agora?

Tempo de leitura: 4 minutos |

Pequenos sacos de ar nos pulmões, onde ocorre a troca de dióxido de carbono e oxigénio de e para o sangue.

Ver no Glossário

Terapêuticas que, quando realizadas em paralelo com tratamentos convencionais, ajudam a tratar sintomas e podem auxiliar na melhoria do bem-estar físico e mental.

Ver no Glossário

Procedimento no qual um broncoscópio (instrumento médico semelhante a um tubo) passa através da boca ou nariz para o pulmão e, a partir deste, é esguichado um líquido para uma pequena parte do pulmão e, em seguida, recolhido para exame.

Ver no Glossário

Técnica que ajuda a reduzir o stress e a ansiedade, ajudando a compreender e a gerir as suas emoções.

Ver no Glossário

Teste utilizado para monitorizar os níveis de oxigénio no sangue, normalmente através de um sensor não invasivo.11

Ver no Glossário

Médico especializado em doenças pulmonares.

Ver no Glossário

Documento formal na qual deposita, noutra pessoa, a responsabilidade de gerir os seus assuntos e tomar determinadas decisões em seu nome.

Ver no Glossário

Agravamento de uma doença/condição ao longo do tempo.

Ver no Glossário

Refere-se aos pulmões.

Ver no Glossário

Programa educacional e de exercício desenvolvido para melhorar a qualidade de vida das pessoas com doenças pulmonares.16

Ver no Glossário

Técnica de respiração que ajuda a controlar a falta de ar e reduzir a ansiedade.17

Ver no Glossário

Especialista que ajuda alguém a recuperar ou a viver os seus sintomas mais facilmente.

Ver no Glossário

Ouvir e reproduzir música como uma terapêutica que visa aliviar os sintomas de pessoas que vivem com fibrose pulmonar.

Ver no Glossário

Sintoma caraterizado pelo alargamento e arredondamento das pontas dos dedos.8

Ver no Glossário

Conjunto de testes utilizados para avaliar a inspiração e a libertação de ar pelos pulmões, bem como o fornecimento de oxigénio ao resto do corpo.14

Ver no Glossário

Teste que mostra o funcionamento dos pulmões, medindo a quantidade de oxigénio e dióxido de carbono no sangue. Este teste requer que seja colhido um pequeno volume de sangue do doente.3

Ver no Glossário

Exame que se caractriza por um tipo de radiografia que evidencia várias imagens detalhadas de áreas dentro do corpo.4

Ver no Glossário

Cirurgia que permite substituir os pulmões do doente por pulmões de um dador.

Ver no Glossário

Preparação que confere proteção contra uma infeção específica.

Ver no Glossário

De causa desconhecida.

Ver no Glossário

Respiração rápida e não controlada.

Ver no Glossário

Um tipo de medicamento que visa retardar a cicatrização e a rigidez dos pulmões para atrasar a progressão da doença.2

Ver no Glossário

Doença em que se acumula uma substância cerosa (placa) no interior das artérias coronárias, responsáveis por fornecer sangue rico em oxigénio ao músculo cardíaco.7

Ver no Glossário

Uma perturbação do sono caracterizada pela paragem repetida da respiração, e subsequente recomeço, durante o sono.12

Ver no Glossário

Uma sensação de ardor no peito, que pode espalhar-se para a garganta, também caracterizada por um sabor azedo na boca.

Ver no Glossário

Remoção cirúrgica de células ou amostras de tecido do pulmão, para serem analisadas por um patologista.10

Ver no Glossário

Pequeno tubo de plástico que encaixa nas narinas para fornecer oxigénio suplementar.11

Ver no Glossário

Refere-se ao coração e aos vasos sanguíneos.

Ver no Glossário

Ocorre quando o tecido pulmonar fica mais espesso e rígido.

Ver no Glossário

Máquina que remove outros gases do ar para fornecer oxigénio para oxigenoterapia.11

Ver no Glossário

Doença que ocorre ao mesmo tempo que outra doença.

Ver no Glossário

Terapêutica que proporciona alívio dos sintomas, ajudando os doentes a viver de forma mais confortável com a sua doença.13

Ver no Glossário

Dispositivo para administrar ar comprimido com o objetivo de melhorar o sono em pessoas com apneia obstrutiva do sono.6

Ver no Glossário

Doença digestiva em que o ácido do estômago sobe para fora do estômago, irritando o revestimento do tubo alimentar (esófago).9

Ver no Glossário

Tipo de pressão arterial alta que afeta os vasos sanguíneos dos pulmões e o lado direito do coração.15

Ver no Glossário

Doença crónica que normalmente piora ao longo do tempo e é caracterizada por problemas respiratórios a longo prazo e fluxo de ar insuficiente.5

Ver no Glossário

Doença que afeta apenas uma pequena percentagem da população.

Ver no Glossário

Doença pulmonar na qual os sacos de ar existentes dentro dos pulmões (alvéolos) estão danificados.5

Ver no Glossário

Estudo médico que investiga o quão segura e eficaz é uma nova terapêutica ou técnica para tratar uma determinada doença.

Ver no Glossário

Acontecimento caracterizado por agravamento súbito e grave dos sintomas ou por um aumento da gravidade da doença.1

Ver no Glossário

Técnicas que envolvem respirar de uma determinada forma para controlar a falta de ar e fortalecer os seus pulmões.

Ver no Glossário

Cansaço extremo resultante de esforço ou doença.

Ver no Glossário

Algo que está associado a um aumento do risco de doença ou infeção.

Ver no Glossário

Ocorre quando o tecido inflamado é substituído por tecido cicatricial, tornando-se mais espesso e mais rígido.4

Ver no Glossário

Doença em que ocorre cicatrização progressiva ou espessamento dos pulmões sem uma causa conhecida.4

Ver no Glossário

Médico especializado em doenças do sistema digestivo.

Ver no Glossário

O pós-diagnóstico pode ser emocional: o seu médico e restante equipa, família, amigos e grupos de apoio ao doente poderão disponibilizar o apoio necessário.

Após o diagnóstico, pode ter de lidar com emoções difíceis. É uma reação perfeitamente normal após o diagnóstico de doença pulmonar. No entanto, lembre-se que agora que foi diagnosticado, o seu médico e restante equipa de tratamento podem começar a desenvolver um plano para ajudar a gerir os seus sintomas, e planear o futuro.

Algumas emoções comuns que pode sentir após o diagnóstico, incluem:1

  • Raiva: É normal perguntar-se porque é que isto lhe está a acontecer ou sentir que o diagnóstico é injusto.

  • Culpa: Pode sentir-se culpado se não conseguir fazer aquilo que costumava fazer, e se certas tarefas caem noutros membros da família.

  • Tristeza: É normal sentir-se triste ou em baixo em relação à sua perda de saúde ou possíveis atividades que já não consegue fazer.

  • Ansiedade: É comum preocuparmo-nos com as mudanças na vida que estamos a experienciar ou questionarmo-nos sobre o futuro.

Após o diagnóstico, pode demorar algum tempo a ajustar-se ao choque e a aprender que tem uma doença pulmonar. No entanto, quando se sentir preparado, trabalhe com o seu médico e com a restante equipa de apoio (como a sua família), a melhor forma de preparar a sua vida no futuro.2

Ser diagnosticado com uma doença pulmonar não significa que tenha de parar de desfrutar da vida. Quando tiver energia, tente ser o mais ativo possível: faça as suas atividades favoritas, e passe o máximo de tempo possível com a sua família e amigos. Isto pode ajudá-lo a gerir melhor a sua doença e o seu bem-estar e saúde mental.

No momento do diagnóstico, pode ser difícil perceber todas as informações que o seu médico lhe está a transmitir. Faça anotações, escreva perguntas e fale abertamente com o seu médico e restante equipa de tratamento. As consultas podem ser emocionais e stressantes, por isso, preparar uma lista das suas perguntas pode ajudá-lo a compreender totalmente o seu diagnóstico.

Nos meses e anos que sucedem ao diagnóstico, os seus sintomas e a sua experiência podem mudar, e pode achar que precisa de mais apoio nas suas atividades diárias. Manter um registo de "como se sente" pode ajudá-lo a si, a melhor gerir a doença, e aos seus entes queridos, a perceber o apoio de que precisa.

Sugestão rápida

Pequenos sacos de ar nos pulmões, onde ocorre a troca de dióxido de carbono e oxigénio de e para o sangue.

Ver no Glossário

Terapêuticas que, quando realizadas em paralelo com tratamentos convencionais, ajudam a tratar sintomas e podem auxiliar na melhoria do bem-estar físico e mental.

Ver no Glossário

Procedimento no qual um broncoscópio (instrumento médico semelhante a um tubo) passa através da boca ou nariz para o pulmão e, a partir deste, é esguichado um líquido para uma pequena parte do pulmão e, em seguida, recolhido para exame.

Ver no Glossário

Técnica que ajuda a reduzir o stress e a ansiedade, ajudando a compreender e a gerir as suas emoções.

Ver no Glossário

Teste utilizado para monitorizar os níveis de oxigénio no sangue, normalmente através de um sensor não invasivo.11

Ver no Glossário

Médico especializado em doenças pulmonares.

Ver no Glossário

Documento formal na qual deposita, noutra pessoa, a responsabilidade de gerir os seus assuntos e tomar determinadas decisões em seu nome.

Ver no Glossário

Agravamento de uma doença/condição ao longo do tempo.

Ver no Glossário

Refere-se aos pulmões.

Ver no Glossário

Programa educacional e de exercício desenvolvido para melhorar a qualidade de vida das pessoas com doenças pulmonares.16

Ver no Glossário

Técnica de respiração que ajuda a controlar a falta de ar e reduzir a ansiedade.17

Ver no Glossário

Especialista que ajuda alguém a recuperar ou a viver os seus sintomas mais facilmente.

Ver no Glossário

Ouvir e reproduzir música como uma terapêutica que visa aliviar os sintomas de pessoas que vivem com fibrose pulmonar.

Ver no Glossário

Sintoma caraterizado pelo alargamento e arredondamento das pontas dos dedos.8

Ver no Glossário

Conjunto de testes utilizados para avaliar a inspiração e a libertação de ar pelos pulmões, bem como o fornecimento de oxigénio ao resto do corpo.14

Ver no Glossário

Teste que mostra o funcionamento dos pulmões, medindo a quantidade de oxigénio e dióxido de carbono no sangue. Este teste requer que seja colhido um pequeno volume de sangue do doente.3

Ver no Glossário

Exame que se caractriza por um tipo de radiografia que evidencia várias imagens detalhadas de áreas dentro do corpo.4

Ver no Glossário

Cirurgia que permite substituir os pulmões do doente por pulmões de um dador.

Ver no Glossário

Preparação que confere proteção contra uma infeção específica.

Ver no Glossário

De causa desconhecida.

Ver no Glossário

Respiração rápida e não controlada.

Ver no Glossário

Um tipo de medicamento que visa retardar a cicatrização e a rigidez dos pulmões para atrasar a progressão da doença.2

Ver no Glossário

Doença em que se acumula uma substância cerosa (placa) no interior das artérias coronárias, responsáveis por fornecer sangue rico em oxigénio ao músculo cardíaco.7

Ver no Glossário

Uma perturbação do sono caracterizada pela paragem repetida da respiração, e subsequente recomeço, durante o sono.12

Ver no Glossário

Uma sensação de ardor no peito, que pode espalhar-se para a garganta, também caracterizada por um sabor azedo na boca.

Ver no Glossário

Remoção cirúrgica de células ou amostras de tecido do pulmão, para serem analisadas por um patologista.10

Ver no Glossário

Pequeno tubo de plástico que encaixa nas narinas para fornecer oxigénio suplementar.11

Ver no Glossário

Refere-se ao coração e aos vasos sanguíneos.

Ver no Glossário

Ocorre quando o tecido pulmonar fica mais espesso e rígido.

Ver no Glossário

Máquina que remove outros gases do ar para fornecer oxigénio para oxigenoterapia.11

Ver no Glossário

Doença que ocorre ao mesmo tempo que outra doença.

Ver no Glossário

Terapêutica que proporciona alívio dos sintomas, ajudando os doentes a viver de forma mais confortável com a sua doença.13

Ver no Glossário

Dispositivo para administrar ar comprimido com o objetivo de melhorar o sono em pessoas com apneia obstrutiva do sono.6

Ver no Glossário

Doença digestiva em que o ácido do estômago sobe para fora do estômago, irritando o revestimento do tubo alimentar (esófago).9

Ver no Glossário

Tipo de pressão arterial alta que afeta os vasos sanguíneos dos pulmões e o lado direito do coração.15

Ver no Glossário

Doença crónica que normalmente piora ao longo do tempo e é caracterizada por problemas respiratórios a longo prazo e fluxo de ar insuficiente.5

Ver no Glossário

Doença que afeta apenas uma pequena percentagem da população.

Ver no Glossário

Doença pulmonar na qual os sacos de ar existentes dentro dos pulmões (alvéolos) estão danificados.5

Ver no Glossário

Estudo médico que investiga o quão segura e eficaz é uma nova terapêutica ou técnica para tratar uma determinada doença.

Ver no Glossário

Acontecimento caracterizado por agravamento súbito e grave dos sintomas ou por um aumento da gravidade da doença.1

Ver no Glossário

Técnicas que envolvem respirar de uma determinada forma para controlar a falta de ar e fortalecer os seus pulmões.

Ver no Glossário

Cansaço extremo resultante de esforço ou doença.

Ver no Glossário

Algo que está associado a um aumento do risco de doença ou infeção.

Ver no Glossário

Ocorre quando o tecido inflamado é substituído por tecido cicatricial, tornando-se mais espesso e mais rígido.4

Ver no Glossário

Doença em que ocorre cicatrização progressiva ou espessamento dos pulmões sem uma causa conhecida.4

Ver no Glossário

Médico especializado em doenças do sistema digestivo.

Ver no Glossário

A sua família, amigos e prestadores de cuidados podem desempenhar um papel fundamental no seguimento de alterações aos seus sintomas. Tente sempre informá-los sobre quaisquer alterações na forma como se sente.

A minha rotina diária mudou completamente. No passado, conseguia tratar da minha higiene matinal em 5 minutos, mas agora... Preciso de me sentar muito frequentemente, preciso de respirar. Passo a passo, irá habituar-se a isso, mas tem de se organizar

– Doente com fibrose pulmonar, Alemanha
Cuidar de si

Cuidar de si próprio

Através de diferentes estratégias, pode ajudar a gerir o seu bem-estar mental e físico

Principais conclusões

  • É normal sentir emoções fortes e diferentes após o seu diagnóstico;

    • Pode demorar algum tempo a ajustar-se, a aceitar a doença e a viver com fibrose pulmonar;
  • Tente continuar a fazer coisas de que gosta e mantenha-se ativo sempre que puder.

Mostrar referências Ocultar referências
  1. 1.

    Duck A, Spencer LG, Bailey S, et al. Perceptions, experiences and needs of patients with idiopathic pulmonary fibrosis. J Adv Nurs. 2015;71(5):1055–1065.

  2. 2.

    Ramadurai D, Corder S, Churney T, et al. Understanding the informational needs of patients with IPF and their caregivers: 'You get diagnosed, and you ask this question right away, what does this mean?'. BMJ Open Qual. 2018;7(1):e000207.

Também nesta secção

Também pode estar interessado em